Browsing Category

Artist Date

Estante [com fotografias]

30/03/2017

Fotografias

Esta estante já esteve na vertical, na horizontal e agora voltou a estar na vertical. Quem diz que as estantes do Ikea só se montam uma vez exagera. Esta já rodou várias casas e mantém-se firme e forte.

Numa das vezes, tinha-lhe posto aquelas pantufas nos cantos, para não dar cabo do chão de madeira do meu quarto na casa materna. Quando tirei, saiu tinta. Deixando aquele contra-placado à vista, o que me chateou. Vai daí, espetei-lhe fotografias, que ainda são a minha forma de decoração preferida. De paredes e de estantes. Que também contornam o brancão da lateral da estante, uma superfície enorme, que salta à vista e que deixava a coisa demasiado monótona.

Era com fotos ou com postais, que dividem com as fotografias a minha forma de decoração preferida, de paredes e de estantes.

Artist’s Date 88Paint Decorate a bookcase

Stones

29/03/2017

You gotta be bad, you gotta be bold
You gotta be wiser, you gotta be hard
You gotta be tough, you gotta be stronger*

Stones

Artist’s Date 87/365 – Make a picture out of Stones

*Gamado à Des’ree

Poster

28/03/2017

Este quadro tem uma história. Vi-o antes do Natal e apaixonei-me. Gostei das cores, da simplicidade, de o vidro ser pintado, do conjunto. Mexeu comigo. Houve um símbolo qualquer que se materializou ali. Mas não o trouxe. Depois do Natal voltei ao Ikea, já em período de saldos, à secção de quadros e posters à procura dele, nada. Fiquei uns bons minutos a andar de um lado para o outro, para me certificar de que não estava em lado algum. Não estava. Fui à minha vida e voltei lá, vai que tinha sido uma cena para os apanhados e o tinham tirado e voltado a pôr, vai que me tinha enganado no sítio onde o tinha deixado há um mês, vai que… Nada.

poster

Vi um moço passar e perguntei-lhe pelo quadro.

A minha descrição foi tão boa que não conseguiu identificá-lo. Sugeriu-me que consultasse o site, o que fiz e lá descobri a imagem. Tinha sobrado um, estava no armazém, era o de exposição e por isso vinha com desconto.

Quase me vim embora; quase comprei outro, quase morri de desgosto por não haver. E consegui-o. Gostei da minha resiliência, de não ter desistido, de confirmar que o que é nosso, a nós chegará.

E não me ocorre nada mais significativo e representativo da vida artística do que isso.

Artist’s Date 86/365 – Visit a Poster Store

Flores

27/03/2017

Chegamos àquela altura perigosa do ano em que corro sérios riscos de atirar com o meu super bólide para a faixa contrária da marginal, galgar um passeio, varrer meia dúzia de transeuntes.

São flores, Senhor, Flores…Flores

Não sei quais me encantam mais, se as flores amarelas que despontam em cada esquina, por detrás de um arbusto, nas encostas da estrada – a marginal está pejada delas e poderia jurar que não havia nada disto no ano passado, em circunstâncias normais, seria até veemente, mas estava de luto profundíssimo e por isso fico-me por aqui – se das rosa velho que parecem plumas.

Ando maravilhada com as duas, e sinto-me uma privilegiada por ter os dois exemplares praticamente à porta de casa.

E a única coisa que sei é que temo não chegar viva ao verão…

Sê muitíssimo bem-vinda, querida primavera.

Artist’s Date 85/365 – Photograph Flowers Close Up

Meias

26/03/2017

Meias da sorte, nesta provecta idade, têm um nome e um nome apenas: antiderrapantes. Que me impedem de me estatelar ao comprido nas aulas de dança, no inverno. Corri meia Lisboa e só encontrei ao pé da minha antiga casa, onde ainda mora minha mãezinha, numa loja chamada pé de meia. Estavam em saldos, dois pares pelo preço de um. Comprei logo, só para garantir.

meias

Artist’s Date 84/365 – Buy Lucky Socks
error: Content is protected !!