Browsing Category

Uncategorized

Mind The Gap

05/10/2017

 É preciso acabar com a histeria da felicidade. Diga não à falsidade, às cheerleaders emocionais.

Chinês

05/10/2017

A única coisa que como nos restaurantes chineses. Tudo o resto revolve-me o estômago. Eu e os meus sobrinhos, que ficam todos contentes por serem autónomos e fazerem o prato deles. Coisas mais lindas. Ainda me lembro quando era moda gostar de chinês. E toda a gente lá ia. Agora o japa é mais fino. As pessoas conseguem ser tão ridículas, às vezes…

chinêsArtist’s Date 275/365 – Get Chinese Dishes

Abstenção

29/09/2017

À chegada de cada eleição, lá vêm os arautos da moral, esses seres superiores, ameaçar que quem não vota não pode protestar. São os PIDES do regime. Cansada de me repetir sobre o tema, roubo as palavras ao meu querido amigo Joel.

Não vou votar porque votar seja um dever. Votar não é dever nenhum. Era o que faltava.

A abstenção é um direito da democracia. Nenhuma democracia é completa se não previr o direito à abstenção e nenhum cidadão é menos cidadão do que o outro – ademais trabalhando para sustentar-se, pagando os seus impostos e as suas contribuições – por não votar. Nem sequer tem menos direito ao escrutínio do exercício dos cargos públicos.

Cansa-me, este moralismo. Este paternalismo infantilizante – esta condescendência. Em regra, os números da abstenção dizem muito mais sobre a classe político-partidária do que sobre os cidadãos. E, mesmo quando o que dizem é sobre eles, eles continuam a ter o direito de se absterem.

Era o que faltava uma pessoa não ter o direito – e o direito e a legitimidade – de protestar por não votar.

Via

Coraçõezinhos no facebook

18/09/2017

Sobre o rol de coraçõezinhos que desfilam pelas TL e murais do facebook, tenho uma má notícia para vos dar: não serve para nada, não alerta para nada, não resolve nada, não adianta de nada. Serve apenas para alimentar o ego do infeliz que teve essa brilhante ideia. Deve ser filho do gajo que criou as chain letters, essa praga. coraçõezinhos

Uma desgraça não irá abater-se sobre vós se não puserem um coraçãozinho no facebook e mandarem 50 mensagens às vossas amigas para fazer o mesmo; não curam o cancro, nem o apanham, pelo menos por esse motivo, não ganham o euromilhões, a lotaria, o totoloto. Não acontece nada. Rigorosamente nada. A única coisa que acontece é menos poluição, menos lixo no facebook e menos ainda nas caixas de mensagens.
 
Também não iremos pensar o pior de vocês se não pactuarem com a disseminação da idiotice. Ficam desde já avisados, comigo morre tudo aqui. Não vale a pena incluirem-me.
 
Não vejo homens a pactuar com este disparate. Onde estão as Capazes quando precisamos delas? Porque não um coraçãozinho por cada próstata em perigo?
 
Sejamos razoáveis, pensemos 5 segundos. E vamos tentar dar menos palco aos imbecis, por favor.
Grata ♥️
PS: Não matem o mensageiro…

Eremitas deste mundo, uni-vos.   

05/09/2017

Não sei quem é o José Francisco Botelho, mas já o amo profundamente. E à minha amiga de São Paulo, que viu o artigo, lembrou-se de mim e teve a gentileza de mo mandar. Quem me acompanha no Instagram sabe melhor do que ninguém. Concordo com cada vírgula, ao ponto de poder ter sido eu a escrevê-lo, não fosse pelas referências culturais. Não me meto assim na vida das pessoas para saber o que acontece na sua privacidade. Não quero saber, tenho mais que fazer.  E reforço o apelo:

Eremitas deste mundo, uni-vos. [Cada um em sua casa…]

    

Uma maravilha…

error: Content is protected !!