De volta à conexão

06/08/2018

Depois de 15 dias de folia, mais 15 de mobilidade reduzida por causa de uns pontos nas costas, mais um fim-de-semana de canícula insuportável, inauguro a temporada de caminhadas ao fim do dia. No inverno caminho à hora que fizer mais calor. 

Leva um tempo para mudar de hábitos, mesmo os bons.

Mas vale a pena. A conexão, a sensação do movimento, o passo acelerado, o alívio da tensão, a libertação, a sensação de plenitude.

A que até há um mês era a minha very own private beach tem agora um co-proprietário.

Partilharmos os nossos lugares especiais é convidarmos o outro a entrar no nosso mundo. Melhor do que isso, só quando se revê no mesmo espaço, sem saber que há muito o escolhemos como nosso e só nosso. Maior conexão seria difícil. E nunca mais vou vê-la da mesma maneira. Agora, é ainda mais especial.

Quando a maré está vazia, só lá cabemos nós.

No Comments

Leave a Reply

error: Content is protected !!