A minha guerra com os lojistas e as pessoas que atendem o público em geral

25/07/2018

Digo bom dia, independentemente da hora. Invariavelmente, respondem-me: bom dia não, boa tarde. Ou: Bom dia? Boa noite! dia

Ainda é dia, o dia não sei quantos do mês em curso, do ano da graça de 2018.

Ganho sempre…

Houve um jovem que chegou a responder-me, certamente numa tentativa de solidariedade: eu digo bom dia porque ainda não almocei. Coibi-me de lhe responder: o mundo não gira em torno da hora a que o senhor almoça…

Já o senhorzinho, que me atendeu agora mesmo, limitou-se a segurar-me na mão e a rir-se. Como o meu pai fazia com quase toda a gente, com imenso sucesso.

As pessoas ainda não estão familiarizadas com a ideia de totalidade… Só conhecem a polaridade.

O dia e a noite podem ser entidades separadas, mas juntas formam um dia completo de 24 horas…

Um dia, nós, os que procuramos a completude, dominaremos o mundo…

E Jung ressuscitará para nos salvar.

error: Content is protected !!