Joalharia

16/07/2017

joiaSe há coisa a que não ligo nenhuma é a jóias. A coisa tem valor pelo que me desperta. É sempre uma tristeza muito grande quando vou ver o preço e é caríssimo.

Passo por esta joalharia com alguma frequência, fica no caminho da FNAC. E já lá cobicei várias coisas. Há mais duas no mesmo espaço, mas é esta que tem sempre o que mais me agrada. Tudo é diferente, nada clássico, ousado sem ser histérico. A última que me roubou o olhar e nele o pregou foi este anel. Já antes havia acontecido com outro, enorme, que fica absolutamente desproporcional nas minhas mãos de criança, mas não quero saber. Tirei a foto sorrateiramente e cortei a imagem. Quando o fiz, reparei que logo abaixo havia outra, um penduricalho para pôr num fio, que me apeteceu imediatamente.

Artist’s Date 195/365 – Go to a Jeweler’s

error: Content is protected !!