O caminho arquetípico do masculino II

31/07/2019

No livro, aparece a sombra de vários arquétipos do masculino e que constituem o personagem. É, aliás, o confronto entre duas sombras, a dele e da personagem feminina com quem contracena, Claire, e a permanência do casal junto, depois da tormenta, que torna ambos os personagens tão fascinantes.

Amam-se, apesar de se conhecerem.

Vamos usar o personagem da série sempre que revelar o arquétipo integrado (ou não). E o do livro, para ilustrar a sombra.

O livro, ou, melhor dizendo, o manual, que servirá de base a este ensaio, por resumir de forma exemplar e bem simples um assunto tão complexo quanto o do masculino, deus abençoe os americanos, chama-se: “King Warrior Magician Lover” (Rei, guerreiro, sábio, amante), de Moore & Gillette.

A ordem não é sequencial.

Até porque, cada pessoa nasce com um arquétipo diferente ativado. Por isso, pode mesmo viver o sábio na infância, ou na adolescência.

Estes quatro arquétipos resumem os dos deuses gregos, oito, sendo os principais, a estrutura central da psique, de acordo com a Psicologia Analítica, de Carl Jung.

Jamie Fraser é um guerreiro escocês das Terras Altas, com a cabeça a prémio e procurado pelo exército britânico, que, poucos anos antes de Culloden, aterroriza clãs de uma ponta à outra do país. Apaixona-se perdidamente por uma sassenach, inglesa em gaélico, e juntos, e separados, vivem tudo e mais alguma coisa. Até aos 50 anos, pelo menos.

São oito os livros publicados, o nono na iminência de o ser e um décimo prometido. Mas os que já estão escritos cobrem todos os arquétipos em todas as suas versões. E ainda sobram.

Na foto, guerreiro.

O guerreiro não é um arquétipo muito bem quisto na mitologia grega. Por representar emoções com as quais os gregos não gostam muito de se identificar, como a força bruta, por exemplo. O que talvez tenha inibido o masculino de exercer este arquétipo.

Agora, segundo definição dos autores e com a ilustração do personagem escolhido, vai ser muito óbvia a vontade de viver este arquétipo incrível.

(Continua…)

error: Content is protected !!