Nó Celta

25/11/2019

Símbolo celta para a Eternal life – que me atraiu sem lhe conhecer o significado, ao ponto de ignorar que dizia julho.

Mas não de me passar ao lado a palavra rubi.
Sinal de símbolo inconsciente constelado na consciência.
O mesmo símbolo ficou-me atravessado numa pregadeira que eles usam nos lenços. Não aquela dos kilts, linda, que deixa um pouco de tecido preso e a ver-se, que usam perto do ombro.
É uma de pescoço.
Um nó celta que me prendeu os olhos. Sendo que papai tem com certeza ascendência celta. O inconsciente coletivo não perdoa. E o poder dos símbolos e a relação direta com temas arquetípicos está aí para prová-lo.
Muito menos brinca em serviço.
A minha cara. Para substituir a estrela vermelha que o meu bff insiste em dizer que é coisa de comuna.
Malditos os que se apropriam de símbolo universais e fazem deles seus. 
error: Content is protected !!