Projeto Olimpus

19/01/2019
Aos bravos Tristões e às Isoldas louras e morenas, muito grata estou por esta viagem épica, conduzida com a mestria a que o timoneiro Nuno Pinto já nos habituou. 
 
Está completa a trilogia: Jornada do Herói, Masculino, Eros e Psiquê, Feminino, e Tristão e Isolda, o casamento dos dois.
Que é como quem diz, a integração dos princípios masculino e feminino em homens e mulheres, a que o Jung deu o nome de animus e anima, arquétipos fundamentais da nossa psique por serem os que estão na base das nossas relações amorosas. Consumadas no amor romântico e no seu imenso potencial transformador.
Prova superada
Para quem não percebeu a profundidade da viagem de hoje e não se apontou, mais virá. Com ousadia, diferenciação, especificação, apropriação do arquétipo correspondente, numa dança em que faremos as pazes com o passado, danzaremos o presente e abraçaremos o futuro, de mãos dadas com os deuses, na condição que nos permite relacionarmo-nos e conectarmo-nos, a de humanos.
 
Dos deuses queremos inspiração, a nossa vida viveremos simbolicamente, nas aulas de Biodanza, e lá fora, alinhados, sem que a cabeça tome o coração ao ponto de o estrangular, nem que este e suas emoções tomem a cabeça ao ponto de a anular. 
 
Projeto Olimpus aguarda-vos. Vamos viver histórias, vamos danzar mitos, vamos integrar os deuses, vamos ser heróis. Que é como quem diz, protagonistas das nossas próprias vidas.
Muito e muito obrigada.
Um beijo especial ao Nuno, pela confiança, a parceria incrível, o caminho que estamos a trilhar juntos.
 
De mãos dadas convosco, seus lindos.
error: Content is protected !!