Parede

15/06/2017

parede

Pintar a parede não deu, a casa não é minha e não me apeteceu ter esse trabalho. Mas fiz uma coisa que há imenso tempo queria fazer. Peguei num dos lápis, que havia comprado a propósito dos dates, um lápis arco-íris, e passei-o na parede tantas vezes quantas me apeteceu. O efeito é melhor ao vivo. Mas o que importa é o quão libertador foi, como o é todo o ato criativo. Não pelo resultado, mas pelo efeito que provoca em nós e pelo poder de conexão que exerce. A informação chega primeiro ao corpo antes de ser processada pela cabeça. E é no corpo que vivemos, já não tenho qualquer dúvida, e por mais que a introvertida em mim se divirta e talvez se sinta mais segura no maravilhoso mundo mágico que é a minha cabeça. Mas a vida, a que pulsa, nos faz sentir despertos, é a que vivemos no corpo. E com ele.

Artist’s Date 165/365 – Paint Your Bedroom Wall
error: Content is protected !!