Prémio

19/06/2019
A empresa onde trabalho dá um prémio jeitoso por assiduidade perfeita, por mês. Prémio esse que é sorteado entre a percentagem dos dez mil trabalhadores da multinacional, só em Portugal, que tem uma assiduidade perfeita.
Dificilmente faria sentido para um britânico ou um europeu do norte. A quem não passa pela cabeça chegar atrasado ou faltar ao trabalho.
Um prémio por fazermos a nossa obrigação.
Não são precisos requisitos especiais, capacidades específicas a não ser a de cumprir horários.
É esse o mérito.

Ainda me lembro bem de a minha mãe me responder, depois de uma boa nota, não fizeste mais do que a tua obrigação.

Soube hoje que, no mês de março, fui eu a vencedora.
A coordenadora disse que era merecido. Afinal, há compensações e das boas para não fazermos mais do que a nossa obrigação.
Entre ingleses e alemães, ganhou uma portuga.
Papai havia de ficar orgulhoso. Na falta do pulitzer, é o que se pode arranjar.
error: Content is protected !!