Psicologia – Autores: Edward Whitmont

31/12/2016

Edward Whitmont está entre os escolhidos por causa de um único livro. É mais um junguiano americano, não tão acessível e fácil de ler quanto os outros.

Whitmont

Como digo aqui, mais do que devota de São Jung, sou uma apaixonada pela forma como funcionamos. E a maior curiosa quando se trata de assuntos da nossa cabeça. Por isso, salto de tema em tema, autor em autor, conforme o desafio psíquico do momento, a dúvida existencial da vez.

Foi o que aconteceu com Whitmont. Estava na fase feminino, deusas, e cruzei-me com um dos seus títulos, que adquiri o quanto antes, de tão sugestivo. Chama-se The Return of the Goddess, que por acaso não acabei, mas ainda não perdi a esperança… Talvez me tenha sido recomendado na cadeira de graduação de Psicologia, que fiz de ouvinte, na PUC-SP.

É mais um junguiano que se dedicou aos arquétipos e só por isso merece figurar na lista dos escolhidos. Não fosse suficiente, também se debruçou com toda a propriedade sobre a causa simbólica. A forma como vejo o mundo, a vida, o que me acontece e aos outros é simbólica, foi preciso conhecer Jung para lhe conseguir dar um nome. Por isso e por muito mais, a Vida Simbólica é um dos temas que mais me fascina e apaixona na Psicologia Analítica.

Viver uma vida simbólica é entregarmo-nos à magia, à inevitabilidade de não controlarmos rigorosamente nada, e ser isso que faz da vida uma bênção, embora às vezes nos seja difícil.

Alguns títulos

The Symbolic Quest
Dreams: a Portal to the Source
Psych and Substance
The Return of the Goddess

error: Content is protected !!