Retorno

18/07/2019
A vantagem da interpretação em relação à tradução é que na primeira temos o retorno que não temos na segunda.
No limite, sabemos que fazemos um bom trabalho porque as duas pessoas que não falam a mesma língua estão a entender-se.
Às vezes, temos retorno verbal e direto.
Ontem foi uma dessas, num caso particularmente difícil.
You did an amazing job.
E, antes de desligar, ouvi-o dizer: o interprete (I get that a lot… O…) had the most Portuguese wicked accent I’ve ever seen.
Não conhecia a versão boa da palavra wicked, que quer dizer: of exceptional quality or degree.
Made my day.
Que terminou numa private session com a Elza Soares, a maior (e a melhor) feminista do Brasil.
Grata ao meu querido amigo Rafa Barreto pelo show, hei de cá vir falar dele, e pelo presentão final:
Elza e copos.
error: Content is protected !!