Saudade é coisa nossa

01/02/2018

Saudade não é tristeza, desilusão, nostalgia, resignação, melancolia ou solidão. Mais do a falta, a saudade é a dor da perda, de algo que não volta mais, que tivemos e perdemos, para sempre.

E mais do que alheia, a saudade é nossa

De quem fomos com aquela pessoa, naquele lugar, da sensação que tivemos com aquela experiência, no momento exato em que a vivemos e que se relaciona diretamente com um ou mais dos nossos sentidos. Ter saudades é saber que o tempo não volta, que nós, apesar de sermos os mesmos uma vida inteira, tornamo-nos imunes ao riso, à espontaneidade, à autenticidade, quando se nos acaba a inocência, sabemos de mais, conhecemos o avesso, a ilusão cai por terra, a fantasia perde a magia e a realidade não deixa margem para grandes dúvidas.

Mais do que a vontade de estar perto, ver, sentir pessoas, lugares e coisas, a saudade é do momento, é o desejo de voltar a sentir como da primeira vez, de rir pela primeira vez com aquela pessoa, e podemos rir várias vezes pela primeira vez com alguém, da primeira sensação.

Mais do que o amor que fica, a saudade é a vontade de senti-lo de novo, como se tivéssemos acabado de descobri-lo.

Por isso esta é a melhor definição de saudade que li noutra língua, com a ressalva de que a saudade é inexplicável, precisa de ser sentida para ser entendida.

Só quem sabe exatamente o que é a saudade são os portugueses.

A saudade é um sentimento nosso, mesmo que a palavra faça parte do vocabulário dos outros países de língua oficial portuguesa, como o Brasil. Temos de ter sido tocados pela lusitanidade para conseguirmos identificar exatamente que sentimento é esse chamado saudade.

Só um português consegue conviver com a dor, a tranquilidade, a alegria e a nostalgia da saudade no coração, porque para tal é preciso ter esperança, mesmo sabendo-a vã. Só um português consegue aceitar a saudade como condição, uma condição da alma portuguesa. Que salta dos olhos de cada um de nós.

saudade
Fev. 2016

  • Anita 04/02/2016 at 23:28

    Que bonito texto ☺

  • error: Content is protected !!