Tear

14/06/2017

Tentei, juro. Mas aquele fio branco, que é suposto servir de teia ao tear, é o diabo para enfiar naqueles buracos mínimos, porque se desfia todo na ponta. Não tenho muito jeito com coisas pequenas, apesar das minhas mãos de criança. E a minha paciência também já não é o que era.

O tear era a única coisa que me dava algum prazer nas aulas de trabalhostear manuais, nunca fui muito jeitosa de mãos, e lembro-me de fazer uma bolsa com umas cores bem giras. Vai daí, tive esperança de conseguir reviver esse prazer. Lamentavelmente, não foi o caso.

Achei este mini-tear na Tiger, onde fui para comprar modelling clay, outro dos desafios, e já não achei. As coisas ali voam e agora estou para saber onde vou encontrar plasticina àquele preço, naquela quantidade e daquela qualidade.

Artist’s Date 164/365 – Make a Weaving
error: Content is protected !!