Uncategorized

Isabel

20/12/2008

Isabel era uma sonhadora, acima de tudo uma sonhadora. Era esforçada, com muita vontade mas pouca acção. Tinha ideias loucas, via-se nas maiores badalações, rodeada das melhores pessoas.

Tinha tido finalmente uma ideia para um guião, a ideia base. Frases para diálogos, personagens, tudo meio vazio, meio no ar.

Mas ela via-se, via-se na ante-estreia, via-se a dar entrevistas, via-se até nos Óscares.

Depois, chegava à conclusão que não aguentaria nada daquilo, das câmaras, das pressões, da cusquice sobre a sua vida privada, das mentiras a seu respeito.

E era nesse momento que tudo se desvanecia. Isabel nunca chegou a escrever uma linha. Deixara a vida passar-lhe ao lado. Isabel vivia do sonho, alimentava-se da imaginação. Morreu cedo, de fome!

You Might Also Like

error: Content is protected !!