Uncategorized

Mind the Gap

01/05/2007

Antes estar sempre a arranjar discussões do que andar anos sem fim a fingir que nada se passa. Já experimentei e não resultou.

You Might Also Like

  • jg 01/05/2007 at 16:09

    Anos?!! Ai anos sim…
    Meia horita a remoer e a coisa tem que entrar logo nos eixos. Isso é que era bom e dava um jeito do caraças, um gajo nunca se queixar.
    Nem sequer deve dar luta nenhuma o parceiro nunca respingar.

  • ISA 01/05/2007 at 20:34

    n dá. faz rugas e cabelos brancos e as tintas estão pla hora da morte ;-) Bjs

  • jg 02/05/2007 at 07:50

    Ter opinião e vontade própria, dá um trabalhão!!!

  • ISA 02/05/2007 at 09:54

    pois é. e tentar discuti-la sem ouvir insultos mais ainda. kiss

  • jg 02/05/2007 at 10:15

    Depois de reflectir uns momentos, penso que o cerne da questão, actualmente, está no facto de os homens já não darem a devida e merecida importância ao romantismo omnipresente em todas as mulheres.
    Não as namoram deliciosamente como o fizeram durante milénios. Auditam-nas.
    Esta puta desta sociedade moderna já só é perfeita e desejável nos filmes.
    Na prática, ao vivo e em directo é um constante jogo de interesses com tantos parâmetros a considerar que nem por milagre se alcançam os valores mínimos. Tá tudo prevertido. Mas só alguns, poucos, é que percebem e quase ninguém se indigna ou revolta.
    Como costumas dizer: pqp!!

    Bjs

  • error: Content is protected !!