Uncategorized

Até te dizia por quê, mas não posso…

07/04/2006

Foi a nossa anja de serviço que me abriu os olhos. Sim, falávamos de ti, claro, como acontece sempre que nos juntamos. Falava eu, da importância que tens para mim. No quão especial te tornaste.

Até te dizia por quê mas não posso. Mas a ela disse por quê. E ela perguntou se eu sabia o que isso queria dizer. Isso o quê, perguntas tu. E até te dizia, mas não posso. Respondi-lhe que não, que não sabia o que isso queria dizer. Mas ela elucidou-me. E quer dizer, isso posso-te dizer, que o problema afinal não está em mim. Mas nos outros. Nos outros todos antes de ti. E até mesmo nos que vieram depois. Nos que fugiram. Nos que desapareceram sem deixar rasto. E foram eles que me fizeram duvidar. Que uma pessoa duvida, duvida sempre se não é nela que estará o problema. Mas tu não. Tu não desapareceste. Tu ficaste, foste tu que quiseste ficar. Também eu quis que ficasses. E fizemos os dois por isso. E tu ficaste. Ainda que longe, na Bahia, mas não longe do coração. Não do meu.

Depois da conversa com a anja resultas ainda mais importante. Tão importante que único. Sim, isso mesmo, único! Não há outro igual a ti. Sempre e para sempre. Independentemente do que possa vir a acontecer. Até te dizia por quê mas não posso.

Fazes-nos, a mim e à anja, uma falta imensa. Temos saudades nossas. Morremos de saudades tuas. Da tua tranquilidade, das cantorias na varanda dos Anjos, das sessões de cinema, dos copos no Bairro Alto.

Sabes que Lisboa não é a mesma sem ti. A anja abandonou os Anjos. Ajudei-a na despedida. Foi um alivio a despedida, porque tu já te tinhas ido embora. Nunca mais lá voltei. A magia dos Anjos morreu com a tua partida.

No caminho para a Bahia não me perco. Não sei quando poderá ser. Será quando for. Nem para onde. Se será de facto para a Bahia, para o Rio, para Coritiba ou para Sampa. Diz-me tu.

Não me perco. Não te percas tu também.

You Might Also Like

  • ISA 07/04/2006 at 17:04

    Via MSN:
    Isa ora pois! Conseguiste pá… teu texto me tocou e não nos perderemos nunca mais, não importa qual seja o nosso caminho… says: caralho p´q

    Ele já sabe por quê. o que não podia era dizê-lo via blog. e ainda me homenageia no nick! é a coisa mais linda o raio do baianito!!!

  • Rui 07/04/2006 at 22:18

    :)

  • error: Content is protected !!