Uncategorized

Indemnização no mínimo

01/12/2005

Uma coisa é uma mulher não ter grandes perspectivas, não andar encantada com alguém, nem sequer com ninguém debaixo de olho nem mesmo achar piada a ninguém em particular. Uma mulher, portanto, sem grandes preocupações.

Fora isto, mulher que se preze tira o pêlo, arranja as mãos e os pés, usa crémes anti e pró tudo e mais alguma coisa, maquilhagem, gloss pra mim sff, leva o kit pra todo o lado, nem que seja para tomar café, vai ao ginásio, se puder. Ou seja: uma mulher minimamente consciente, que sabe que a vida se vive de facto ao minuto – ou pelo menos deveria, pra quem pode, claro – que sente que há a forte probabilidade, ou assim quer acreditar, de, a meio do percurso, que entretanto havia traçado para as horas seguintes, surgir um obstáculo – ao programa previamente estabelecido – que a desvia, pelos melhores motivos, para outro caminho, pelo menos nos minutos que se seguem.

Ora, se a minha ficha não se aplicasse ao segundo exemplo, mulher séria, não me meto com qualquer um, muito menos com vários ao mesmo tempo, aguentava os pêlos mais 15 dias, as mãos mais uma semana e os pés mais um mês. É que não há orçamento que aguente. De 15 em 15 dias? Um verdadeiro abuso! Nem no Verão, valha-me Deus… É o seguinte: eu não sei como é com o resto do mulherio mas os meus pêlos não crescem todos ao mesmo tempo, ficando portanto todos iguais. Não! Há os que demoram mais tempo. E que desatam a aparecer assim que tiramos os outros. Não há como regular a coisa e decididamente não há orçamento que aguente. Fora o laser. Que para além de doer horrores custa pra mais de uma fortuna.

Portanto, quando as expectativas nos são goradas, ainda mal refeitas das horas na Fátima – puxa daqui, arranca dali; lima daqui, alicate dali – nesse mesmo dia ou, de preferência, no anterior e de repente tudo se proporciona e simplesmente não acontece, porra, convenhamos, indemnização no mínimo!

You Might Also Like

  • Zeka 02/12/2005 at 01:10

    Livra!
    Cada vez gosto mais de ser gajo!
    É barbeiro de 3 em 3 meses e tá a andar…
    Ei! Por falar nisso, hoje já é sexta-feira outra vez…parece que ainda ontem tomei banho e já tenho de tomar outra vez…fogo!

    Beijos

  • ISA 02/12/2005 at 02:44

    as mulheres nasceram pra sofrer, meu caro.

  • bonifaceo 02/12/2005 at 19:04

    Eu a pensar que era o único que ia ao barbeiro no mínimo de três em três meses… por acaso começa a ficar na altura… disse que era esta semana, mas vai ficar para a próxima, ou para a seguinte… :D
    Isa, assim é que é, sempre arranjadinha, nunca se sabe quando uma amiga não traz um amigo ou primo que pode ser o PE e tens que estar um brinco para o gajo pimba, ficar na tua.

  • ISA 02/12/2005 at 19:53

    eu faço o acima de tudo por mim. pq me sinto mto melhor, o ego lá pra cima. mas ele há alturas em que poderia perfeitamente esperar mas lá está, n dá para vacilar…

  • ISA 03/12/2005 at 03:17

    vcs têm uma santa vidinha é o que vos digo meus filhos.

  • error: Content is protected !!