Uncategorized

GREG É NOSSO PASTOR E NADA NOS FALTARÁ – 2

12/09/2005

Bom, acho que o mínimo que posso fazer pelo Greg é dedicar-lhe mais um post antes mesmo de passar ao que todas queremos saber. Ele merece.

Diz-nos o nosso guru que, depois de um enorme esforço, lá conseguiu que o mulherio presente na famosa sala percebesse finalmente o seguinte, e passo já de seguida ao tratamento por tu, por me referir a ti, mulher fantástica que me estás a ler: se um gajo (minimamente são da cabeça) gosta de facto de ti não haverá nada que se lhe atravesse no caminho. E se ele não é são, para que raio o queres? Tu pensa nisto, mulher, pensa bem.

Mais um esclarecimento do nosso homem de eleição é: não existem mensagens confusas. Não existem mensagens de todo. Existe apenas uma mensagem para explicar todas as desculpas esfarrapadas que o sexo masculino inventa para não nos dizer que não está propriamente na nossa, coitado, deve ter problemas de visão! Que compre uns óculos e tenha juízo.

O Greg lembra-nos ainda que nós somos todas lindas, espertas que nem alhos, tão engraçadas que dá gosto, tão absolutamente giras que só apetece é estar connosco e que por isso mesmo não deveremos perder o nosso precioso tempo com um cretino que não se dá ao trabalho de telefonar.

É duro. Muito duro… Toda a vida nos ensinam que deveremos olhar para o lado positivo das coisas e mais não sei quê mas isso agora acabou, pelo menos no que se refere ao universo masculino. Neste caso, minhas queridas, temos mesmo de enfrentar o boi pelos cornos e assumir – ai porra que isto custa tanto porque estou totalmente consciente do quão fabulosa sou, e é muito, só vos digo – dizia, portanto, que temos de assumir a rejeição em primeiro lugar. Assume que és a regra e não a excepção. É duro mas é mesmo o melhor que há a fazer.

E foi assim, nesta sequência de duras verdades, que foram reunidas as perguntas que representam as desculpas básicas, e repito: básicas, não nos iludamos, nas quais resolvemos acreditar para nos mantermos em situações durante muito mais tempo do que deveriamos, aviso já que pode demorar meses… É triste, muito triste…

Não queres ouvir? Preferes deixar-te estar, esperar, manter-te caladinha e telefonar exactamente quando dizes que o fazes, antecipar-lhe os pensamentos e não teres expectativas sobre comunicação ou sobre as tuas necessidades sexuais podes ficar com ele. Mas depois não te queixes quando ele te deixar ou te arrastar para uma relação totalmente insatisfatória.

É o seguinte, filha: quando um gajo está na tua ele far-te-á saber. Telefona, aparece, quer conhecer os teus amigos, não consegue deixar de te tocar, deixar de olhar para ti e quando chegar ao sexo, ele estará mais do que desejoso de o fazer. Quero lá saber se ele começa um trabalho como presidente dos EUA na manhã seguinte às 4 da manhã (falamos de 4 da manhã, meninas) Ele aparece. Os homens não são complicados apesar de nos quererem fazer acreditar que são, vá-se lá saber porquê… Portanto, “as coisas estão o caos neste momento”; “tou atolado de chatices” não passam de merdas que se dizem porque o sexo é o que os move apesar de tentarem disfarçar. E agora, vejam-me bem isto, preferimos que nos seja arrancado um braço por um autocarro a dizer-vos que não és a tal. Temos a certeza que tu nos matarás ou te suicidarás ou nos mataras aos dois. Ou pior: que chorarás baba e ranho e desatarás aos gritos connosco. Somos patéticos! E como senhores, e como…

Aqui está, senhoras, aqui está o motivo pelo qual a revolução mental não passou pelos homens mas a este assunto voltarei depois.

A questão é: nós, os gajos, mesmo que não o digamos, manifestamo-lo o tempo todo. TODO. Se um gajo não te telefona quando diz que o faz; ou se não te garante que está contigo de facto, então já sabes a resposta. Recapitulando: se o teu gajo parece não estar nem aí para ti, assim tipo na totalidade, de corpo e alma, ou se sentires a necessidade de o tentar perceber, considera para bem da tua sanidade mental e da tua vida amorosa a muito provável hipótese de ele não estar propriamente na tua e liberta-te para ires à procura de um que esteja. A sério, é assim mesmo. Pára agora de inventar desculpas. As acções dele gritam-te a verdade: ele não está propriamente na tua.

Porque tu mereces tudo e não uma coisa pela metade. Aliás, perder tempo com a pessoa errada é apenas isso: uma perda de tempo. E quando de facto andares para a frente e descobrires o gajo certo acredita que não vais desejar passar mais tempo com o nojentinho-sem-tempo ou com o atrasado-mental-esqueci-me-de-te-telefonar.

You Might Also Like

error: Content is protected !!