Uncategorized

BODY BALANCE

03/02/2005

Se está à espera de grande agitação bem pode ficar à espera. Aqui impera a calmaria. Puxa pelo músculo, pois puxa, mas é tranquilo.

É bom que seja equilibradinho, caso contrário o melhor é não ter ninguém muito perto de si, se não é capaz de abalroar o colega do lado. O truque é fixar o olhar num ponto qualquer. Ajuda ao equilíbrio. E procure concentrar-se no que está a fazer. Como o ritmo é mais lento é capaz de ser mais difícil mas só assim tira partido da coisa. Não desista porque esta modalidade é muito boa para quem quer gerir o stress e corrigir a postura ao mesmo tempo. Posso-lhe dizer que a certa altura olhei para o espelho e parecia uma velhinha, com uma marreca quase tão grande como a do corcunda de Nôtre Dame. Ombros para trás, costas direitas e já está. A professora está lá é para o corrigir, não se apoquente. Ao contrário dos outros esta é muito tranquila, como convém!

A melhor parte é a do fim, de relaxamento. Ela põe uma música bem calminha, diz umas coisas e manda que a nossa mente vá para um sítio calmo. Em três tempos viajei até à 4ª Praia e por lá andei a passear. Depois voltamos à realidade, mais tranquilos, graças à respiração feita como deve ser.

Muito bom! Mas não se ponha com ideias. Só isto não chega. Precisa de qualquer coisa agitada para libertar energias. Olhe, cá eu vingo-me no Body Step já daqui a umas horitas.

You Might Also Like

error: Content is protected !!