Prata

A famigerada inveja II

24/04/2015

A questão, portanto, não é inveja pura e dura. Usar esse argumento é uma forma simplista de encarar as coisas, para podermos arrumar um assunto e não pensarmos mais nele. O que, obviamente, não nos resolve o problema, muito menos o esquecemos. Na melhor das hipóteses, atiramo-lo para o inconsciente e, quando menos esperamos, toma-nos por completo, outra vez.

You need to be logged in to view the rest of the content. Por favor . Ainda não está registado? Associe-se!

You Might Also Like

error: Content is protected !!