Traduções de Artigos de Psicologia

Ajudar vs Interferir*

14/08/2013
Satisfaz-nos estender uma mão aos nossos parceiros ou amigos e sentir que os estamos a ajudar quando precisam. Mas há uma linha muito fina entre ajudar e interferir na vida dos outros. Aqui ficam algumas áreas nas quais os limites entre ajudar e metermo-nos na vida do outro se podem confundir:
· Fazer pelo outro vs fazer por nós. Um amigo que ajuda estende a mão porque genuinamente quer ajudar. Quer ajudar a facilitar a vida do outro e satisfaz-se com a alegria do amigo, resultado do esforço que fez em ajudar. Um amigo que interfere ajuda outro por motivos que têm mais a ver consigo. Pode fazê-lo para se valorizar ou receber aplausos pelo facto de ter estendido a mão a alguém. Uma pessoa que interfere age por motivos egoístas, e não pelo simples ato de doar.
· A agenda do outro vs a nossa agenda. Um amigo que ajuda age de forma a ajudar o outro a conseguir o que quer, não se preocupando com a forma como isso o vai beneficiar. Por outro lado, uma pessoa que interfere age por forma a adiar a sua própria agenda. Pode forçar no sentido de um determinado resultado referente a uma situação com base no que o beneficia, enquanto um amigo que ajuda está mais interessado no resultado que beneficia o amigo que estiver a ajudar.
· Sugerir vs agir pelo outro. Quando estamos a ajudar podemos apresentar um conjunto de recursos ou de ideias e deixar o resto com ele. Uma pessoa que interfere vai mais além, no sentido de agir pelo amigo, em vez de o deixar fazer as suas próprias escolhas e agir por sua conta. Por exemplo, alguém que interfere pode não dar apenas uma lista de ideias de potenciais oportunidades de trabalho, mas tomará a liberdade de enviar candidaturas.
· Oferecer ajuda vs forçar. Uma pessoa que ajuda oferece apoio ou serviços por forma a ajudar um amigo necessitado e depois espera que o amigo as aceite. Uma pessoa que interfere age da forma que acha que se adequa, sem esperar permissão. Não considera se a outra pessoa quer de facto ajuda.
· Deixar na mão do outro vs investir demasiado. Uma pessoa que ajuda irá oferecer e providenciar ajuda a um amigo e deixará a outra pessoa seguir o seu caminho, independentemente do resultado. Uma pessoa que interfere torna-se demasiado interessado no resultado e irá ficar furioso, chateado ou desapontado se as coisas não correrem da forma que esperou. As ações de alguém que interfere têm mais a ver consigo do que com quem está a ajudar, por isso, envolve-se emocionalmente no resultado, em vez de aceitarem simplesmente o que quer que seja que aconteça.
· Retirar-se vs permanecer envolvido. Um amigo que ajuda, estende a mão e retira-se da situação, enquanto que alguém que interfere irá permanecer envolvido na situação e irá acompanhá-la de perto até ao fim. Quem interfere envolve-se frequentemente numa situação como se fosse sua. Também assume que só porque se envolveu num aspeto da questão, precisam de se envolver em tudo o que se segue. Não percebe que a vida é do amigo, e não sua.

*Via

You Might Also Like

error: Content is protected !!