Antes que chova…

04/07/2016

Lembras-te de te ter falado na árvore que mais me inspira quando saio da praia para encpicosarar a cidade? A das flores vermelhas e brancas? Descobri que as vermelhas não são flores, são uma espécie de picos, que não se percebem ao longe, só de perto, se olharmos com atenção, por estarem devidamente envolvidos pela flores e os ramos verdes das árvores. As flores brancas dominam, os picos vermelhos tornam-nas singulares. Há que reconhecer-lhes a beleza, amar os picos vermelhos, que, juntamente com as flores, fazem daquelas árvores únicas e particularmente encantadoras.

Ontem, à hora a que a França dava quatro secos à Islândia e se adivinhava como semi-finalista do europeu de futebol que disputa em casa, fui correr. À melhor hora possível, a mágica.

Deve iniciar sessão para continuar a ver este conteúdo...Por favor . Ainda não está registado? Associe-se!
  • Helena Costa 04/07/2016 at 18:48
    Deve iniciar sessão para ver isto...
    • Isa 04/07/2016 at 20:08
      Deve iniciar sessão para ver isto...
    error: Content is protected !!