Livre

Até 2020

22/07/2016

Sinto a ausência de buzinadelas, sorrisos rasgados, olhos luminosos. No dia seguinte ao dia seguinte, à exceção de mim, tenho ideia, que atendia o telefone aos gritos de campeões, antes de dizer o que quer que fosse, e fazia o mesmo a cada pessoa conhecida que encontrava, parecia que não tinha acontecido nada, nomeadamente o impossível, o improvável, o nunca na vida, o podes sonhar, esperar sentado, melhor deitado, para não te cansares. O que o meu pai não viu mas o meu sobrinho viu. O que nós, que agora temos 40 anos, sempre sonhámos mas nunca conquistámos, nem com a melhor seleção de sempre, que incluía o Figo, o que será de nós sem o Figo, nunca na vida há de haver outro igual a ele. De repente, pouco tempo depois, o melhor do mundo, que sonhava ganhar um título pelo país que o viu nascer e a quem nós , num misto de tristeza, vergonha e esperança, nunca nos atrevemos a dizer: meu filho, não vai acontecer, é português. Qual é a probabilidade de um país com tão pouca gente ter dois melhores do mundo em tão pouco tempo? Os anos passavam, todos sabíamos, inclusive ele, que só de dois em dois anos, com sorte, seria possível, que ele já contava com 30 anos nas costas, que um avançado não passa, com sorte, dos 34, e os anos continuavam a passar. Até que, sem grande protagonismo dentro de campo mas com o carisma que o caracteriza fora dele, conseguimos, por ele, por nós, por vocês, geração campeã. Talvez a geração campeã o tenha como possibilidade, por isso parece não ligar nenhuma, não querer saber, se calhar está ocupada em fazer por continuar a ser campeã, no que faz muito bem, em vez de dissertar sobre isso, incentivar as massas, reavivar a memória. Todos os dias, a cada 5 minutos, só para garantir, para não nos esquecermos que podemos.

portugaonfire

E nós, que nunca vimos tal coisa acontecer, que não esperamos voltar a ver, quietos, encolhidos, na vida de sempre, como se não fossemos todos campeões, de uma maneira ou de outra. A nossa vida não mudou, as contas não aparecem pagas por milagre, a comida na mesa, as viagens marcadas, o guarda-roupa renovado. Não, nada disso aconteceu, nada mudou, apenas a existência da possibilidade se concretizou, que é quase tudo.

You Might Also Like

error: Content is protected !!