Uncategorized

Boletim evolutivo da gripe

26/03/2014

Serve o presente para vos dar conta do estado da doença. A cabeça já me diz para fazer coisas, mas o corpo, fraquinho, fraquinho, teima em não conseguir obedecer. Não comer há três dias pode eventualmente ter a ver… A doença é sempre uma boa oportunidade pra repensar a vida, e pode ser que me vá embora. Ou que seja só mais um delírio da febre. Não estou nada preparada pra isto…

Entretanto, não sei se é dos comprimidos ou se já estou a ficar quase boa, tenho até fome. Custa-me imenso comer sólidos, daí que bato frutas num liquidificador e cá vai disto. Mas amanhã acabou-se esta palhaçada, os braços doeram-me de cortar uma laranja. Acho que só carne salva, agora.

A gripe é um vírus um bocado estúpido. Entra no corpo, deita abaixo de um jeito que achei que nunca mais me ia levantar, e ao 3º dia, começa a desaparecer. Verdade seja dita que não fui meiga, era comprimidos pela boca abaixo até passar. Ora vai de Ilvico, ora vai e advil, ora vai de nimed. 7 horas entre cada um, no meio de goladas de xarope pra tosse. Resultou. Agora chega, amanhã vou voltar a comer.

Grata pela atenção.

You Might Also Like

error: Content is protected !!