Uncategorized

Cartas prós EUA 21: Os bichos…

18/01/2007

Odeio bichos, odeio. É superior a mim e não há nada a fazer. Bichos tipo insectos dão-me vontade de os matar tal é o nojo que me metem e acima de tudo o medo/nojo de imaginar que se passeiam por cima de mim assim que me apanham a dormir. Bichos tipo répteis idem. Há uns que acho piada mas é enquanto estão no cantinho deles e não me chateiam. Até convivi 3 meses com duas lagartixas lindas que moravam comigo, nas paredes de minha casa, no Brasil.

Ora eis que estava em tua casa, preparadinha pra fechar a janela por cima das escadas e vejo uma lagartixa ou um lagartinho ou lá o que era aquela merda, com um tamanho considerável. Sendo que não me apetecia nada ter uma colónia deles quando cá viesse prá semana, achei por bem mandá-lo para onde ele veio. Só que o gajo é estúpido que nem um calhau e soube entrar cá pra dentro mas não saía nem à lei da bala, a besta. Abro a janela toda e o cretino foge para o outro lado, como sabes o outro lado é inacessível já que se encontra bem por cima das escadas e a não ser que medisse 3 metros não conseguiria lá chegar. Como não meço… Ainda tentei demovê-lo atirando com uma almofada à parede, perto dele, a ver se o estúpido percebia. Como não percebeu e ainda por cima resolve começar a descer pla parede abaixo resolvo que vou buscar um pau qualquer, bem comprido, só de imaginar que aquela merda me podia tocar fico paralisada de terror, e desato a enxotá-lo. O estúpido corre para o lado certo mas anda ali às voltas às voltas em vez de sair pla janela e poder continuar a viver a vidinha dele. Empurro-o com o “pau” enquanto gritava de nervos de cada vez que ele se mexia. havias de me ver. Estava um preto na casa da frente que só olhava na direcção da tua casa tal era o alarde que fazia, que incluía palavrão bravio, e os saltos que dava. E tremia que nem varas verdes. Não fazia ideia que os lagartos guinchavam mas juro, ele guinchava mais do que eu, que como sabes tenho um vozeirão que não me permite guinchar muito – dá pró faduncho mas pra Teresa Salgueiro é mais bolos… – e mexia-se que nem um doido. Parecia as ratazanas de São Jorge da Murrunhanha… À roda, à roda, numa guinchadeira que só vendo… Começo a ver a minha vidinha a andar pra trás. É que já me estava a ver a deparar-me com o facto ridículo de ter de chamar a brigada anti-bichos da PJ da próxima vez que cá chegasse a casa. E pronto, tive de lhe dar umas pauladas enquanto lhe chamava todos os nomes de que me lembrava. Dei-lhe todas as oportunidades pra bazar, pegar-lhe nem morta, e é por isso que o cadáver lá ficou. Não sei como queres que resolva esta merda mas eu não consigo ir lá tirá-lo…

You Might Also Like

error: Content is protected !!