Uncategorized

Cheers ;)

05/09/2011

– Ai valha-me Deus, Ambrósio, mandou arear as pratas?

– Que saudades que tinha suas, Senhora…

– Mas mandou ou não?

– As pratas estão sempre areadas nesta casa, Senhora, que eu não sou nenhum incompetente. Muito menos um pau mandado.

– Bata na boca, Ambrósio.

– Não seja porca, Senhora.

– Ó Ambrósio, mas nem as saudades o amansam? O que será de si, valha-me Deus…

– Posso sempre contar consigo, Senhora, mas diga, diga…

– Bom, há provisões de Ferreros pra toda esta gente, Ambrósio?

– Mas, Senhora, o que se passa?

– Então não deu por nada, Ambrósio, os Srs. do Delito abriram os salões, espera-se um corropio de gente a entrar-nos pela casa adentro…

– Bom, Senhora, se assim é, já sabe o que esperar de mim, mau humor avulso e respostas tortas, como sempre.

– Ai credo, Ambrósio, mas não melhorou nada nestes últimos anos?

– Antes pelo contrário, Senhora, estou ainda mais refinado…

– Que Deus o proteja, Ambrósio.

– Vou antes mandar reforçar a segurança, Senhora…

You Might Also Like

error: Content is protected !!