Uncategorized

Como crescer a partir de relações passadas*

18/05/2013
Todos já ouvimos dizer: o que não nos mata, torna-nos mais fortes e agora é hora de crescer dos erros passados, mas como exatamente isso acontece? Aqui ficam 10 lições para aprender com as suas relações passadas:
1. Aceitar que não é perfeito: se cometeu algums erros nas suas relações passadas (e quase de certeza que sim) a lição a aprender é que você é humano e por isso não é perfeito. Refletir nos erros passados não é desculpa para nos batermos e nos criticarmos, mas para aceitar que não somos perfeitos e que tudo bem em ter feito alguns erros. Você vai continuar a cometer erros no futuro, aceite que tentará o seu melhor e que não pode ser perfeito o tempo todo.
2. Identificar fraquezas: refletir em relações passadas pode ajudar-nos a perceber quais são as nossas fraquezas. Talvez você ache que não deu a sua opinião verdadeira, a lição a aprender é que precisa trabalhar a sua comunicação. Ao percebermos o que fizemos de errado e quais as nossas fraquezas, podemos trabalhar nelas e melhorar relacionamentos futuros.
3. Identificar pontos fortes: olhando para trás, percebemos que áreas precisam de melhorias, mas também podemos ver as áreas em que brilhámos. Talvez você estivesse sempre a esforçar-se para manter o clima de romance ou começava sempre a conversa. Há ótimos pontos fortes a identificar e a levar adiante nas relações futuras.
4. Aprender a mudar o comportamento: depois de apontar as áreas que tem de melhorar, pode aprender formas de alterar comportamentos, para não repetir os mesmos erros em relações futuras.
5. Reconhecer a sua parte no conflito: se você se fecha quando a discussão aquece, pode identificar que não lida bem em conflito. Pode evitar nas relações futuras que as brigas fiquem tão intensas ou aprender a tirar um tempo e resolver as coisas noutra altura.
6. Melhorar a comunicação: olhar para relações do passado pode mostrar-nos as áreas de comunicação que precisamos melhorar. Talvez não fosse bom em falar sobre o seu dia, com o seu parceiro. Perceber as nossas áreas mais fracas ajuda-nos no futuro à medida que tentamos fazer alterações para melhorar a forma como comunicamos.
7. Aprender limites: muitas vezes olhamos para trás e dizemos que não deveríamos ter aturado isto ou aquilo, ou que a bandeira vermelha teria de ter sido hasteada ali. Em vez de nos batermos por não fazermos as coisa de forma diferente, podemos usar isso como lição sobre os nossos limites. Em relações futuras, se esses limites forem testados de novo, saberemos o que fazer.
8. Aprender o que quer realmente de um parceiro: pode olhar para trás e ver o que realmente gostava nos seus ex e o que odiava. Quando escolher parceiros futuros, estará mais perto de achar alguém certo pra você, por já ter um melhor entendimento sobre o que realmente procura.
9. Aprender que os outros não são perfeitos: se tem o seu parceiro num pedestal e acha que ele é perfeito, pode ser que lhe custe a engolir quando ele a desapontar ou quando a relação terminar. Ao mesmo tempo que dói, podemos crescer a partir da experiência, aprendendo que as pessoas não são perfeitas, mesmo que façamos delas ídolos na nossa cabeça. Sublinhar que ninguém é perfeito ajuda nos relacionamentos futuros, pois teremos relações mais realistas.
10. Aprender que gostar de alguém nem sempre chega: independentemente de ter adorado e se preocupado, não foi suficiente para salvar o relacionamento. Pode ser um desapontamento enorme, mas também um aprendizado. Ensina-nos que gostar não chega para sustentar um relacionamento. As relações exigem tempo, energia, esforço e trabalho também.

*Via (tradução minha)

You Might Also Like

  • o anão gigante 18/05/2013 at 21:18

    Caso não soubesse o tema diria que falavas de jardinagem.

    :D

  • o anão gigante 18/05/2013 at 21:19

    Oh pá! A sério, isto é uma porra d'uma análise SWOT!

    • Isa 18/05/2013 at 21:21

      o q, o eça? :D olha, bem que tenho aprendido umas coisas, viu? :p

    error: Content is protected !!