Daimon

08/05/2020

Hillman conceived the daimon as a psychological complex or force existing in everyone, whose function is to help us find our personal calling, and provide us with the motivation to follow it.

“Sooner or later, something seems to call us onto a particular path. You may remember this”something” as a signal moment in childhood, when an urge out of nowhere, a fascination, a peculiar turn of events struck like an annunciation. This is what I must do. What I’ve got to have. This is who I am”.

In: The Soul’s Code, James Hillman

James Hillman foi o primeiro autor junguiano que li. Fácil de entender, como todos os autores americanos. Especialíssimo, por causa do daimon. Pai da psicologia arquetípica, só pode ser bom.

Ainda por cima, dedicou um livro inteiro ao Puer Aeternus, um dos meus arquétipos preferidos.

Depois de The Soul’s Code, o primeiro que li, seguiram-se quase todos os outros. A obsessão do costume.

Hillman prestou um enorme serviço à causa.

Uma série de livros publicados, outra de vídeos no youtube com aulas ou palestras dele. É procurar.

error: Content is protected !!