Uncategorized

É bom falar*

26/04/2013
Alguns pensam que falar é uma total perda de tempo, que são balelas, que, no fim, não leva a lado nenhum. Mas na psicologia argumenta-se que ajuda e muito, aqui fica um resumo dos motivos pelos quais vale a pena falar:
1. Falar é catártico: Muitas vezes sentimo-nos vazios, esgotados ou esmagados. Estamos nervosos, tensos e emocionalmente exaustos. Estamos encurralados pelas nossas próprias experiências dolorosas da vida, e não sabemos o que fazer para conseguirmos um alívio temporário. Nestes momentos, expressar o que sentimos, a emoção em bruto e a sensação de estarmos presos, pode ser extremamente catáritco e aliviar alguma da dor.
2. Alguém que nos oiça e nos entenda é terapêutico: quando alguém nos ouve verdadeiramente, e sentimos que é genuíno, a dor começa a aliviar e as velhas feridas começam a curar. Não nos sentimos tão abandonados, rejeitados e sozinhos.
3. Falar ajuda-nos a encontrar soluções para os nossos próprios problemas: à medida que falamos sobre os nossos problemas, constatamos que expressamos informação e ideias às quais ainda não tínhamos dado voz. E à medida que nos ouvimos falar, estes novos pensamentos fazem sentido… e frequentemente novas soluções nos vêm à cabeça!
4. Identificar a forma como falamos de nós pode libertar-nos de hábitos antigos: muitas vezes não nos apercebemos do quanto somos negativos e da forma como crenças arraigadas nos travam, e nos mantêm encurralados. Mas, uma vez que começarmos a ver a forma como falamos de nós mesmos, podemos desafiar-nos e começar a ser mais positivos na forma como nos referimos a nós. O que muda a forma como nos sentimos e como agimos.
*Via (tradução minha)

You Might Also Like

error: Content is protected !!