Uncategorized

É o diabo…

15/03/2014

Sabes que estás verdadeiramente curada quando os casinhos aparecem online e o coração não te salta pelos olhos

images

Don’t u ever underestimate de power of casinhos…

Estive a falar sobre isso com uma amiga hoje, tipo agorinha. Por mais fullgás que seja, e palavra é dúbia de propósito, nós, as mulheres, ficamos sempre com um negócinho. Ou é só carinho, ou é cuidado, ou é proteção, mas alguma coisa, além do bicho do desejo e do carnal, fica, sempre. Por mais fullgás…

You Might Also Like

  • Elaine 15/03/2014 at 11:21

    ai meu deus, tive um fornicoque aqui, vou adotar isso pra vida “don’t you ever underestimate the power of casinhos” hahahhaha você me mata Maria Isabel.

    • Isa 15/03/2014 at 11:34

      huahuahuahua :D

  • D 15/03/2014 at 20:05

    Concordo a 200% . O power of casinhos é brutal. Presencio uma metamorfose diária dum colega de serviço, pacato , respeitador, casado e com filhos, que se arvorou em teenager aos 47 e são casinhos atrás de casinhos. E quando mete sentimento , então nem sei que diga. No fundo, nem sei bem se quero ajudar, sabe, Isa ?
    Beijo e BFS

    • Isa 15/03/2014 at 20:07

      a experiência diz-me que fique sossegadinha até que alguém lhe peça ajuda :)
      Bjo

      • D 16/03/2014 at 08:24

        Todos os dias levo uma injecção das actividades lúdicas dos dias anteriores e da felicidade que o piqueno sente por ter amigo(a)s, mas tanto, que chega ao trabalho HORAS mais cedo para poder conviver e ser cool… já lhe disse que não quero saber nomes nem “acontecimentos” que me ponham na posição de conivência com situações que desaprovo.
        Somos 3 chefes de serviço e eu sempre estive mais próxima em termos de trabalho deste rapaz, até porque o conheço de miúdo. Acho que ele está à procura da minha aprovação nestas leviandades da meia idade, como costuma fazer com assuntos de serviço…
        No fundo, isto deixa-me bastante desconfortável por ter que negar permanentemente o conhecimento de alguns factos perante os patrões e outros colegas, mas penso que não querer nem saber é o melhor que tenho a fazer , apesar de odiar quem sofre do síndrome do avestruz ,sabe, Isa…. Homens…

        • Isa 16/03/2014 at 11:36

          ah não, aí não dá, ter de ouvi-lo é dureza…

    error: Content is protected !!