Livre

Filmes e viagens: Sob o sol da Toscana, um roteiro.

11/08/2015

Como provavelmente vai chegar por Florença, tire uma selfie em frente à Basílica Santa Maria Novella, aproveite e visite-a, ninguém vai saber, e apanhe a estrada para Cortona.

IMG_1890

Não se esqueça de se encantar com os campos infindáveis de girassóis, a vida corre melhor quando nos voltamos para o sol.

IMG_1616Compre um cacho de uvas, ou uma caixinha de morangos…, e suba até ao recanto do seu lado direito, de quem está de frente para a escadaria, na Piazza Della Republica.

11144450_1648943212017723_4295054990460622623_nSente-se no banco de pedra ondulado e escreva um postal à sua mãe ou a alguém que o inspire, de quem sinta a falta. Não deixe que o seu ego racional e controlador lhe diga que não consegue ouvir o ding, dong, do sino ao longe. Feche os olhos, inspire, sinta o cheiro no ar, abra os olhos, observe o movimento na praça e deixe que a sua imaginação faça o resto. Pegue numa caneta e escreva. Ou desenhe, ou cante. Deixe a arte e o romantismo invadirem o seu coração. Trust your imagination; your heart going bum, bum, bum, como cantava o Peter Gabriel em Solsbury Hill, Cortona também fica numa colina.

Considere os sinais de Deus, mesmo que venham de forma inesperada e não necessariamente agradável.

Recupere a sua fé, não precisa de ser numa igreja, pode ser quando se sentir desesperado, abandonado, traído, sem saber o que fazer, se bem que é possível que São Francisco de Assis, na Basílica de Cortona, o inspire. Em Deus, no santo padroeiro da sua causa preferida ou na Nossa Senhora, como Frances. Não espere ver uma máquina de lavar roupa saltar à sua frente, num dia de tempestade, para começar.

Vá até à escadaria da Piazza della Republica, sente-se nos degraus e observe o movimento.

IMG_1509Não tente achar a fonte onde a loira louca espera que a venham salvar, foi recriada. Não espere que a venham salvar, não vai acontecer.

Cozinhe, quem cozinha nunca se sente sozinho, nem que seja para uma plateia de pedreiros que nem a sua língua falam, o alimento dispensa o verbo, comunicamos pelos sentidos.

Vá ao Teatro Signorelli, na Piazza com o mesmo nome.

IMG_1506

Tenha um caso, um flirt, um romance, um affair, com um italiano, qualquer lugar de Itália serve para o efeito.

Salte Roma, não vai conseguir ir e ficar apenas o tempo de encontrar um Marcelo, Roma não se vê num dia…

Desça a Positano, almoce num dos restaurantes de praia, dedique um tempo a ver como as casas sobem pela encosta, vá até à marginal, procure a casa de Marcello, vá até à varanda e tire uma selfie com o colorido das casas como pano de fundo.

1_l

(Foto retirada da internet)

Adote um gato, não precisa de ser em Positano.

Volte à Villa Bramasole, se o sol o encandear, use a sombra da árvore gigante observada pela amiga oriental de Frances, enquanto esta falava ao telefone com Marcello, para tirar uma foto à casa.

IMG_1610

Reconheça a importância de uma bandeira, atire-a ao ar na Piazza della Republica, mas não deixe que lhe acerte na cabeça.

IMG_1504

Vá até à Basílica de Cortona, pare um momento e observe o único edifício que se vê claramente na paisagem, é a catedral onde os adolescentes se casaram. Não se dê ao trabalho de descer, o interior é muito provavelmente recriado em estúdio.

IMG_1528

Adote um adolescente, dê um desconto à intensidade das suas emoções, mas ouça-o, ele vai relembrar o que realmente importa.

A writer is not at home until her books are with her, ainda que neles haja recordações de um passado que se quer esquecer. Às vezes, as recordações servem para nos lembrarmos exatamente de que não é o passado que queremos. Atire uma jarra, ou um copo, a uma parede, ou ao chão, com força. A raiva é uma emoção saudável de resposta a algo que nos aconteceu e de que não gostámos.

Apadrinhe um casamento

Acolha uma família

Quando moramos fora, a família é quem nos dá a mão. Passe um Natal entre amigos, não há melhor período para a manifestação do amor, da solidariedade, da compaixão, do que o Natal. Deixe que o amor invada o seu coração.

Este roteiro é inspirado pelo filme: Sob o Sol da Toscana, mas podia ser inspirado na vida. Faça o seu, use a sua criatividade e imaginação, as experiências só são válidas quando vividas pessoalmente.

You Might Also Like

error: Content is protected !!