Uncategorized

Há uma certa esquizofrenia em relação ao pagar…  

30/07/2014

Agora que já paguei, coiso. Nem que esteja a sofrer horrores…

Amiga fala-me de precinho camarada por um pack de 20 tratamentos de celulite, tratamentos, e não sessões. Comecei por me sentir meio enganada e depois bem aliviadinha, cada sessão de tortura dura apenas meia horinha. Como não posso ter metal em contacto com a pele, o que me resta são enxertos de porrada e ligaduras geladas nas pernas que me fazem tremer de frio em pleno julho.

Sou especialista em tratamentos pra celulite, desde que não incluam mutilação de partes do meu corpo, já fiz de tudo, já sofri muito nesta vida, amigues… Ele é massagens modeladoras, drenagem linfática, que parece festinhas, meso, cenas a picarem-me as pernas, umas outras que pareciam umas ventosas e que também me davam dores horrorosas, esta foi no Brasil, e até fiz com miúdas acabadas de sair da faculdade, era o estágio delas e o precinho também era camarada. Foi aqui que soube que a massagem não deve doer muito menos nos deve deixar todas negras. Mas parece que em Portugal, à boa maneira matarruana, a coisa ainda é à bruta, pelo menos para algumas pessoas, não para todas, felizmente. Ou então é aquele jeitinho português, se não dói, não vale. Um misto de prazer e dor, ou de prazer na dor…

Na verdade o que quero é modelar as pernas, mais nada. Já disse e repito, apaixonei-me pelo meu corpo na Amazónia e disso não abro mais mão, mas quase 43 anos no lombo, pouco exercício físico e alimentação duvidosa, fazem os seus estragos. Estas miúdas fazem massagens como se estivessem a lavar roupa no tanque. Os nódulos de celulite são as barrinhas do tanque, só que em vez de serem de pedra, são de gordura ou lá o que é. Saio de lá que parece que levei um enxerto de porrada do marido, um mau aspeto do caneco. Agora que é verão dá imenso jeito, por causa do calor senegalês e da impossibilidade de usar shorts. Sofro tanto com aquilo que pensei chegar aos 10 tratamentos e desistir, vender os outros a essa minha amiga e trocar por mesoterapia. Que é horrível, mas pelo menos não é massacrante. Disse que ia desistir daquilo e pensei em voltar às massagistas da minha mãe. Mas depois, inovador, achei uma solução intermédia: uma vez por semana, em vez de duas. Fui na segunda feira e ainda estou aqui que nem posso. Uma vez por semana, para me esquecer… Lá está, agora que já paguei… Se isto não é esquizofrénico, então não sei o que será. Até setembro, depois nunca mais, minhas queridas massagistas de mamãe…

As situações que aguentamos por dinheiro são muitas vezes uma violação ao corpo, à alma, e não dar um passo atrás e deixar pra lá é o princípio da neurose…

You Might Also Like

error: Content is protected !!