Uncategorized

Índios

20/04/2010

Sou chegada num índio, desde sempre. Sempre preferi os índios aos cóbois, que tinham ar de porcos e falavam com um sotaque nojento e irritante lá do sul dos EUA. Os índios eram, ao contrário, lindos. Viviam na natureza, quase nús… Com uns cabelos que benz’os deus. Lindos e sossegadinhos. Gostava muito. Apesar de os americanos sempre fazerem as coisas de forma a que odiássemos os índios. No caso do Índio Joe, conseguiram, seja lá quem fosse o responsável. Mas só nesse caso. Já o Huckleberry era a coisa mais foficha.

Sou chegada num índio. Todas as pessoas que conheci, aqui, obviamente, arraçadas de índio eram todas lindas. De pele morena, sem pêlos e traços bem delineados, perfeitos.

Sou chegada num índio, principalmente neste, que é arraçado de cherokee. Mesmo tatuado até aos cabelos e com anéis de caveiras. É índio e isso ninguém lhe tira, basta olhar-lhe pros olhos e para os traços absolutamente perfeitos do rosto, que se vê logo, coisa mai linda…

Sou chegada num índio e quero um só pra mim, dos que têm acesso à net e usam calças de ganga, de preferência…

You Might Also Like

  • Luci 20/04/2010 at 20:09

    tb quero um indião!
    bj

  • Diana 20/04/2010 at 20:25

    Ó lindeza, o dia do Indio foi ontem! Amanhã é Tiradentes. Ou, como já deves ter ouvido, são os 50 anos de Brasilia.

  • Isa 20/04/2010 at 20:30

    Não me digas??? E nem sequer foi feriado??? Um escandal.

    Ah, pois é, até escrevi sb isso no ano passado e tudo… Olha que chatice…

  • Isa 20/04/2010 at 23:44

    A 1ª que descobrir um pergunta se tem irmãos, boa, Luci? bjo

  • error: Content is protected !!