LONG LIVE POP MUSIC

26/12/2016

Ontem, já depois da meia noite, foi por pouco que a polícia não veio bater-me à porta. Ouvi Somebody to Love dez vezes seguidas, aos gritos, e esgoelei-me na mesma proporção. A culpa foi dos filmes de Natal, vi alguns três desde que cheguei a casa, às seis da tarde. Em vez de estar a escrever. Quando soube, parece que toda a energia acumulada se soltou. Deu-me uma urgência de viver imensa e cantei como se disso dependesse a minha vida. Também pode ter sido da caixa de ferreros rochers que a minha mãe faz questão de me oferecer todos os natais, que me imbuí da nobre missão de acabar o mais rápido que conseguir.

error: Content is protected !!