Uncategorized

Mão dupla

19/09/2011

Tendemos a esconder as nossas fraquezas por medo que o outro as use contra nós. Mostramo-las muito mais do que imaginamos, principalmente quando gritamos muito e insistimos nas discussões ad nauseam. Na verdade, quem as usa contra si somos nós mesmos, ao escondê-las, ao considerá-las uma fraqueza, ao invés de uma característica, que é o que ela é. Tão importante quanto as outras, as que impressionam e tal. Ao escondê-las, não as reconhecemos em nós, renegamo-las, daí tornarem-se tão poderosas, só que em vez de sermos nós a usar esse poder, que afinal é nosso, deixamos que caia nas mãos do outro, que, se for mau caráter, vai fazê-lo sim, para se valer. Que o outro é mau caráter e um cabrãozinho, não temos dúvidas, lá está, só usa porque não tem mais nada, porque é mais fraco ainda… Mas os burros somos nós, ao abafarmos e insistirmos em olhar para elas como fraquezas, ao invés de as reconhecermos e as usarmos a nosso favor.

Foto

You Might Also Like

error: Content is protected !!