Uncategorized

Modinhas

23/01/2015

Empresas que obtêm o meu número e o meu e-mail sem que lhos tenha dado pessoalmente e de livre e espontânea vontade escusamNo-ads-Natimeo-organic-cotton-merino-wool de ligar ou escrever, recuso tudo. Ouvir o que têm para me oferecer incluído, é a primeira pergunta que faço quando vocês fazem pausa para respirar: como conseguiu o meu número? Vou passar a perguntar que empresa o cedeu, para de lá tirar qualquer contacto*. Mails incluídos, não importa o marketing que você faça, tenho sensores contra todo o tipo de manipulação, vejo o remetente e o assunto e mando para o sp*m, sem abrir. O meu cérebro fixa inadvertidamente a marca e sempre que a ouvir vou ficar irritada, daí que o efeito em mim é ao contrário, pela negativa, e eu pela negativa sou péssima, na mesma medida em que pela positiva sou ótima. E se há coisa que me irrita é abuso, qualquer tipo de abuso, quanto maior é a tentativa, mais eu me afasto e me fecho. Quanto à publicidade, só vale a pena quando é muito boa. Toda e qualquer outra, venha de que forma vier, tem em mim um efeito de repulsa, não sei porquê, talvez seja um mecanismo de defesa contra uma eventual lavagem cerebral, abdução, sei lá…

A melhor publicidade é a que não precisa de dizer o quanto o produto é bom, já que falamos nisso. A publicidade só funciona com quem está interessado ou está na fase em que quer, mas ainda não pode, não funciona com quem não quer, não se identifica, não tem nada a ver. Veja lá junto de quem prefere insistir e investir…

*Tenho ideia que há caixinhas para dizer que não autorizamos partilha de dados com empresas parceiras, não há? Marco todas…

You Might Also Like

error: Content is protected !!