Uncategorized

Não há nada de errado connosco*

03/04/2013

Somos o que somos, não o que os outros querem que sejamos. Somos o que aguentamos, o que queremos ser, quem nos propomos ser. Somos ontem, hoje e amanhã. Somos mais. Somos únicos, insubstituíveis, particulares.
Fiquemos com quem admira a nossa força e a nossa coragem, não com quem tenha medo delas. Fiquemos com quem se apaixona pela nossa energia, não com quem se assusta com ela. Fiquemos com quem dá valor à nossa sensibilidade, não com quem não se identifica com ela, com quem foge da sua. Fiquemos com quem olha para as nossas fragilidades com respeito, não com quem as acha uma fraqueza, digna de ser enfiada num buraco escuro. Fiquemos com quem faz questão da nossa companhia, não com quem nos usa como objeto para mascarar a sua solidão, a sua carência, com quem não tem mais ninguém e qualquer um serve. Fiquemos com quem nos acha especiais, não com quem nos trata da mesma forma que trata toda a outra gente. Fiquemos com quem desperta o melhor que há em nós, não com quem desperta o pior. Fiquemos com quem nos admira, não com quem nos limita. Fiquemos com quem nos ouve, não com quem faz de nós apenas depósito do seu lixo mental. Fiquemos com quem cresce connosco, não com quem nos tenta manter numa posição que lhe seja mais confortável. Fiquemos com quem caminha ao nosso lado, nos puxa para a frente, nos faz parar quando vamos rápido demais, não com quem segue andando, com quem nos puxa para trás, nos empurra pro precipício. Fiquemos com quem quer o melhor de nós, não com quem vê o melhor de nós como uma ameaça. Fiquemos com quem gosta de nós, não com quem precisa de nós. Fiquemos com quem entende que somos mais do que ontem, menos do que amanhã. Fiquemos com quem respeita o nosso momento, não com quem nos quer apressar. Fiquemos com quem vê além do momento, com quem vê tudo, com quem vê o que nós não conseguimos ver. Fiquemos com quem reconhece os nossos esforços, não com quem exige sem limites. Fiquemos com quem cuida, não com quem apenas quer ser cuidado. Fiquemos com quem troca, não com quem só quer receber. Fiquemos com quem fica, não com quem vai embora. Fiquemos com quem nos ajuda, não com quem nos critica, com quem nos abandona. Fiquemos com prazer, não por obrigação. Fiquemos com quem não nos julga, não com quem nos usa para se pôr em biquinhos dos pés. Fiquemos com quem nos exulta, não com quem nos diminui. Fiquemos com quem vê beleza em tudo o que fazemos, não com quem não vê nada. Fiquemos com quem aprende a lidar connosco, não com quem só quer levar a sua avante. Fiquemos com quem quer ficar connosco, não com quem só quer de vez em quando. Fiquemos com quem procura o topo, o topo de si mesmo, não com quem estagnou. Fiquemos com quem quer mais, não com quem não quer nada. Fiquemos com quem gosta, mesmo, mesmo, de nós, não com quem espera que lhe resolvamos a vida. Fiquemos com quem nos permite sermos completos, não com quem queremos completar. Fiquemos connosco e com quem fica consigo, mas também está disposto a ficar connosco, com quem gosta de nós o suficiente para tentar, para fazer dar certo.    


*Cheers, Love.

**O template é da miúda, a frase é minha. E acrescento: Just because someone can’t love him/herself it doesn’t mean you can’t love yourself. 

You Might Also Like

  • Marta Gama 03/04/2013 at 20:04

    Can I get a fucking AMEN to that? Hell yeah!

    Grande vénia, Isa, grande vénia.

    *standing applause*

    • Isa 03/04/2013 at 20:06

      :), beijinhos, Marta :)

  • elisa 04/04/2013 at 13:56

    E é por isso que tanto gosto de ler as palavras dos outros, e as tuas mais particularmente. Podem ter o poder de nos enquadrar e confortar. E tão certeiras que são as tuas:)
    Obrigada pela partilha.

    • Isa 04/04/2013 at 13:58

      Obrigada, Elisa, e sê mto bem-vinda, sempre.

  • Mariam 04/04/2013 at 14:55

    Nunca como hoje as tuas palavras me fizeram tanto sentido.
    Obrigada, querida.
    Beijo, sempre.
    Cheers, claro.
    Love, claro.

    • Isa 04/04/2013 at 22:32

      :) obrigada a ti tb, já tinha sentido a tua falta por aqui :)

      Adoro essa forma tão britânica de agradecer, cheers, Love, é querida :)
      Bjo, bjo

    • Mariam 05/04/2013 at 21:33

      Estou cá sempre, só que calada ;-)
      + beijo

    • Isa 05/04/2013 at 23:42

      :) cheers.
      Bjo

    error: Content is protected !!