Revendo os níveis de insanidade

18/02/2021

Na aula de hoje, vamos rever os níveis de insanidade:

Portanto, o governo do teu pais diz que, para te proteger de um vírus RESPIRATÓRIO:

– Proíbe-te de sair de casa e de apanhar ar puro, na praia e em parques;

– Acha que tem direitos sobre espaços que são de TODOS. E que pagamos bem para deles usufruir.

– Impede-te de tocar, abraçar, beijar os teus. Impede-te de vê-los;

– Isola pessoas de todas as idades, idosos a morrer de solidão; crianças que acreditam que se a avó morrer, a culpa é deles.

Adolescentes que já não sabem o que é namorar, porque só vêem máscaras. Já para não falar na tortura psicológica: se te aproximas, a outra pessoa pode morrer.

– Tortura-te psicologicamente com o Estado Policial no qual pôs o país, com ordem para multar na hora, o que já de si é ILEGAL. E sem base em lei alguma. Ou seja: a sobrepor-se à justiça, pilar fundamental da Democracia. Por sinal, o ÚNICO que nos resta.

– Acaba com o teu sustento.

– Impede-te de circular. ORDENA que fiques em casa

– Insta as forças de segurança a perseguir cidadãos inocentes, livres e pagadores de impostos; Agentes que cometem, repetidamente, crimes de abuso de poder. Por ORDEM do Governo.

– Ainda te obriga a fazer compras em períodos de tempo reduzidos. O que, parece-me óbvio, aumenta o número de pessoas nas superfícies comerciais.

– Obriga-te a usar uma máscara, mesmo que sejas saudável. Como se não bastasse, essa máscara impede-te de respirar oxigénio, obrigando-te a respirar o próprio ar.

– Quando o uso de máscara, está mais do que provado, é nocivo não só quanto à respiração, como quanto aos efeitos adversos e perigosos para a saúde mental, emocional e física. E não protege contra qualquer vírus.

– Não fez NADA pelo SNS num ano;

– Sem te dar qualquer prova, acusa-te de seres responsável por contagiar outras pessoas, bastando para isso respirares.

Por causa de um vírus que NÃO foi isolado;

Ainda que haja um SARS Covid, há anos, e não matou ninguém.

Com base num resultado de um teste que NÃO é adequado para diagnóstico. Ou temos um vírus e temos sintomas; Ou não há sintomas, não há vírus. Haja em vista os “falsos positivos” e os “assintomáticos”.

Alegando “resultados positivos”, “casos de contágio”, e números de mortos para justificar Lockdowns;

Números de mortos que, por ordem da OMS, que declarou que isto é uma pandemia, são FALSOS. Admitido pela própria OMS. Já que qualquer pessoa que tenha presença do vírus é dada como morta por Covid, mesmo que tenha morrido de outra coisa qualquer. E morra no espaço de 28 DIAS depois de ter testado “positivo” para a Covid.

Tenha ou não sintomas.

Por outro lado, mente desde o início, ou oculta outras causas de morte, nomeadamente suicídio e gente que morre por falta de cuidados de saúde, porque não tem Covid.

– Quer obrigar-te a tomar uma vacina para um vírus com taxa de recuperação de 99,9%.

– Vacina essa, seja qual for o laboratório, que não só não combate vírus nenhum como não teve ensaios suficientes para se ter a certeza de que é segura. Vacina essa que contém ADN de chimpanzés, no caso da AstraZeneca, matéria fetal e sabe Deus o que mais.

Mais, todas as farmacêuticas envolvidas na produção de vacinas têm uma cláusula que as salvaguarda de processos judiciais, na sequência de danos ou morte, depois da toma das suas vacinas.

– Todos os invernos morre gente. Em particular em invernos frios como este. É de lamentar, como qualquer outra morte.

No entanto, só comparando com anos anteriores podemos saber se houve mais ou menos mortes.

E nem assim a relação pode ser direta.

De resto, ajudaria saber quantas pessoas morreram por outras causas. Por exemplo, de Gripe, que mata velhinhos todos os anos..

Esses números desapareceram. TODOS.

Bem como os do suicídio. Esses sim, dispararam em 2020, em gente de todas as idades, inclusive adolescentes. Consequência direta dos Lockdowns

Para terminar, também me parece natural que, se os corpos não são recolhidos, se acumulem.

Ainda tens a certeza de que somos todos maluquinhos, conspiracionistas, negacionistas e anti-vax?

E que tal, em vez de acusares os teus compatriotas, exigires respostas ao Governo que elegeste? Nomeadamente a clarificação dos números, de mortes inclusive.

A Irlanda fê-lo, os números baixaram drasticamente.

Só esse argumento já seria suficiente para ganhar um pouco de perspetiva, em relação ao que os órgãos de propaganda oficial do Governo,  os meios de comunicação social que este financia – vomitam todos os dias à hora do jantar.

Controlando toda a gente pelo medo.

É preciso acabar com esta INSANIDADE

#DareToThink

Desobedecer é viver

No Comments

Leave a Reply

error: Content is protected !!