Livre

We have no more beginnings*

08/12/2015

É particularmente irritante aquela frase que diz: we have no more beginnings, para alguém que acha que não pode tudo, mas que pode o que quiser. Porque positiva, idealista, sonhadora, persistente e resiliente. E um bocadinho megalómana. Vida nova, espaços e ambientes novos, pessoas novas, momentos novos, revistos e ampliados em alguns particulares, relativamente novos noutros. A vida é uma sucessão de deja vu com a possibilidade de um fim diferente. Ainda dizem que não há segundas oportunidades. A esperança renovada, o agora é que é, desta vez prometo…, é lindo, mas impossível. O choque de realidade vem do passado mais ou menos remoto, debaixo de uma pá de areia todo este tempo – e nós a pensar que eram 7 palmos de terra – agora a descoberto, à mínima rabanada de vento. O tufão subsequente dá conta do resto.

Haja quem fique, depois da tormenta.

*George Steiner

You Might Also Like

error: Content is protected !!