Search results for

woody

Confiança

06/05/2012
“Confidence is what you have before you understand the problem.” Woody Allen

Whatever works

12/05/2010

É o título do último filme do Woody Allen, que aqui no Brasil ficou: tudo pode dar certo. A meu ver, uma má escolha da distribuidora (ao contrário do que a maior parte das pessoas pensa, quem dá os títulos aos filmes não é o tradutor mas sim a distribuidora) porque simplesmente entrega o filme. Dá-nos o fim, apesar de não ser evidente até momentos antes de acabar. A tradução literal seria: o que quer que seja que funcione, que é a ideia do filme. Desde que funcione. Não é lá muito bonito, mas traduz exactamente a conclusão a que o filme chega. O que quer que seja que nos faça felizes, o que quer que seja que nos sirva, de uma forma autêntica, de uma forma genuína, sem que nos seja imposto, desde que funcione, por mais doido que possa ser.

Todos os personagens centrais fazem o que é certo, o que é suposto, o que se espera que façam, o que faz sentido, para virem a descobrir mais tarde que o que está certo nem sempre os serve. O que esperam de nós nem sempre coincide com o que queremos para nós, lá no fundinho. Não desistir disso, procurar isso e disponibilizarmo-nos para isso, a seu tempo, ao nosso ritmo, é o que faz a diferença entre quem vive e quem apenas sobrevive.

Os finais que o Woody Allen escolheu para cada um dos personagens não são os mais ortodoxos, pelo menos para alguns deles, mas são os certos, são escolhas feitas, de coração.

Não é um argumento elaborado, não é uma trama complicadíssima, o tema é claro e bem explorado. Sombra e Ego, com os arquétipos bem colados à definição dos ditos, cada personagem, seu arquétipo. Apesar de tudo, do óbvio, do clichê, do horror do personagem central (Woody Allen total), que é capaz de não fazer rir muita gente, lá está, pouco ortodoxo, das soluções encontradas, de deixar uma sensação de ser meio metido a martelo, é um filme do qual saímos com um sorriso enorme no rosto.

error: Content is protected !!