Uncategorized

Pena x Compaixão

21/01/2011

Já aqui discorremos sobre a diferença entre pena e compaixão. O dicionário dá-as como sinónimos, o que não nos convenceu. Até que ontem, a tomar banho, as coisas que me ocorrem enquanto tomo banho davam um livro, de merda, mas um livro ainda assim, me veio, qual epifania, a resposta.

Quando sentimos pena de alguém sentimo-nos, quer queiramos, quer não, superiores a essa pessoa, acreditamos, no fundo ou à superfície, que tal não nos aconteceria. E, por conseguinte, convencemo-nos também de que o outro não dá pra mais. Coitado é o cacete, portanto…

A compaixão é diferente, a compaixão implica ver o outro como igual, pormo-nos no lugar dele e sentirmos a coisa como se fosse connosco, por ser perfeitamente possível. De verdade, implica termos essa consciência, a de que tudo é efémero, inclusive nós. Consciência com humildade, não por superstição ou numa tentativa de nos enganarmos a nós mesmos.

É por isso que a pena irrita tanto e a compaixão é um sentimento tão nobre.

You Might Also Like

error: Content is protected !!