Traduções de Artigos de Psicologia

Perceber uma personalidade desenvolvida com base na vergonha*

27/08/2013
Há uma diferença entre culpar e envergonhar. Culpar é quando nos dizem que fizemos algo errado. Envergonhar é quando nos dizem que algo está errado connosco, que não temos valor, somos maus, inferiores ou inadequados. Exemplos de frases que envergonham incluem: 
· “Foste um erro, quem me dera nunca te ter tido”
· “Não serves para nada, nunca irás ser ninguém na vida.”
· “Nunca conseguirás fazer o que ele/ela faz”
· “Arruinaste a minha vida, dás cabo de tudo a toda a gente”
Adultos que foram envergonhados na infância têm os seguintes traços:
1. Têm medo de partilhar o que pensam e sentem verdadeiramente.
2. Têm pavor da intimidade e levantam muros nos relacionamentos. Também têm medo do compromisso pois esperam ser rejeitados.
3. São com frequência extremamente tímidos, ficam facilmente embaraçados e têm verdadeiro temor de serem envergonhados ou humilhados. Tendem a sofrer de falsa culpa debilitante.
4. Lutam contra sentimentos de que não valem nada e acreditam que são inferiores aos outros. Acreditam que nunca poderão mudar isso, pois a sensação de que não têm valor reside na sua essência.
5. Sentem-se frequentemente feios e defeituosos, mesmo que sejam bonitos e que toda a gente lhes diga isso.
6. Podem ser narcisistas e agir como se estivessem com tudo; em alternativa, podem ser completamente altruístas, ao ponto de serem quase capachos.
7. São com frequência muito defensivos e acham difícil aguentar a mínima crítica. Sentem-se como se estivessem constantemente a ser observados e julgados.
8. Têm uma sensação generalizada de solidão e sentem-se sempre deslocados (mesmo quando os outros gostam genuinamente deles).
9. Sentem-se controlados, como se tivessem de fazer o que os outros querem e dizem, o que bloqueia a espontaneidade.
10. São perfecionistas e normalmente sofrem de ansiedade de desempenho. O que pode levá-los a procrastinar.
11. Tendem a bloquear os sentimentos através de comportamentos compulsivos, como distúrbios alimentares, compras ou abuso de substâncias.
12. Acham difícil estabelecer limites e fronteiras saudáveis com outras pessoas
*Via

You Might Also Like

  • Bocagiano 27/08/2013 at 09:01

    Fotografia com alta qualidade. Introdução à medida. 8 pontos marcados com um sim. Parece-me uma "boa" nota em 12 pontos.

    • Isa 27/08/2013 at 14:47

      :) bjo

    error: Content is protected !!