Prata

Quanto mais gente realizada houver, menos gente há a querer policiar a vida alheia II

20/04/2015

O nosso compromisso passa a ser exclusivamente connosco e a dedicação é total, porque nada mais nos interessa e porque nos sentimos verdadeiramente preenchidos, em todas as áreas, profissional, financeira, criativa, afetiva, espiritual e coletiva. Todos os vazios que antes existiam desaparecem. As horas que passávamos a fazer o que quer que seja que não nos trazia nada de bom, apenas nos preenchia um vazio, causado precisamente pela ausência de ações que nos preenchem autenticamente, deixando-nos mais vazios que nunca, não existem mais, porque as dedicamos a nós, à nossa vida, que é o mais precioso que temos e é só uma, passa rápido e está cheia de solicitações, as nossas.

You need to be logged in to view the rest of the content. Por favor . Ainda não está registado? Associe-se!

You Might Also Like

error: Content is protected !!