Uncategorized

Responsabilidade pelo outro e responsabilidade para com o outro

09/06/2014

Aí, moçada, responsabilidade pelo outro e responsabilidade para com o outro:

Quando nos responsabilizamos pelo outro, queremos*: 
Que as coisas sejam à nossa maneiraUma solução; Desempenho; Respostas; Controlar as circunstâncias e os resultados; Estar certos; Todos os detalhes; Crédito
Todos estes desejos são focados no exterior e estabelecidos numa tentativa de encontrar paz fora de nós mesmos.

Quando nos responsabilizamos para com o outro, nós:
Vivemos e deixamos vivervamos e deixamos ir; Relacionamo-nos com a pessoa (e não com a situação); Partilhamo-nos; Acreditamos na outra pessoa; Respeitamos a autonomia dos outros; tornamos o outro mais forte, ao invés de o controlarmos.
Reparemos agora que os desejos listados anteriormente são focados no nosso interior. Referem-se ao ajuste da nossa percepção, para que consigamos manter a nossa paz interior. 

Quando nos responsabilizamos pelo outro estamos no triângulo da vítima, enquanto:
Manipulador/perseguidor
permitimos/tomamos conta/salvamos
Mártir/vítima

Quando nos responsabilizamos primeiro por nós e depois para com o outro, nós:
Aceitamos e não julgamos
Vivemos em paz e rendemo-nos à realidade
Apoiamos
Guiamos
Somos um modelo saudável
Somos amigos

Giro, não é?

You Might Also Like

error: Content is protected !!