Uncategorized

There’s no such thing as excesso de amor

12/04/2012

O amor não é lamechas, seu bando de gente louca, o amor é o sentimento mais bonito que existe. Move montanhas e cura pessoas. There’s no such thing as excesso de afeto. O afeto é o alimento do espírito. Amem os vossos [filhos], muito… E demonstrem-no.

You Might Also Like

  • João Pedro Lopes 13/04/2012 at 03:51

    até porque quem fala em excesso de amor só pode decerto ter falta dele :)

    • Isa 13/04/2012 at 06:07

      exatamente :) muita, muita falta de amor…

    • axanaxplease.com 13/04/2012 at 16:12

      Exactamente.

      Ana R.

  • Clara 13/04/2012 at 09:37

    amar é também disciplinar, possivelmente a parte mais difícil de ser pai/mãe [combinar estas duas atitudes que são quase antagónicas].

    possivelmente aquilo em que actualmente mais pais falham [eu incluida].

    • Isa 13/04/2012 at 16:35

      Pior que não são antagónicas, Clara. Mas concordo contigo, criar filhos, ser mãe é a profissão mais difícil do mundo. porque a teoria é muito bonita, mas na prática nós tb temos sono, fome, e tal. e mau feitio…

  • Leonor 13/04/2012 at 09:40

    Psicologia barata, dizes tu, mas acertada e certeira.

    • Isa 13/04/2012 at 16:55

      :) Olá Leonor, que prazer ver-te por aqui :)

  • Diana 14/04/2012 at 12:24

    Muitos beijos, abraços, apertões, cócegas, ralhetes, castigos, muito. Comigo é assim. Estou contigo, não existe amor demais. :-) E não quero ser a mãe perfeita, só a melhor que consigo ser.

    • Isa 14/04/2012 at 17:06

      A mae perfeita nao existe e, a existir, nao é boa, porque responde apenas a padrões externos. daí que :)

    error: Content is protected !!