Uncategorized

Timing

30/06/2009

A gente acha que quer, a gente acha que se envolve. A gente acredita que sabe o que vai na cabeça do outro, a gente acha que não quer saber do que vai na cabeça do outro. A gente mal sabe o que nos vai na cabeça, a gente acha que sabe tudo o que nos vai na cabeça. A gente acha que não sonda, a gente acha que age. A gente acha que faz o que lhe apetece, a gente não faz nem um terço do que verdadeiramente lhe apetece. A gente cala, a gente irrita-se, muito. A gente vai e faz e diz. A gente arrepende-se, do que faz, do que diz e do que não diz, mas acha que não. A gente deixa de fazer. A gente cala o que não deve, porque acha que deve. A gente faz o que não deve e não faz o que deve. A gente não sabe o que deve fazer, mas acha que sabe. A gente acha que diz o que pensa. A gente não diz nada do que verdadeiramente pensa. A gente não sabe o que pensar.

Um dia a gente acha que quer, o outro acha que não quer. No outro, o outro acha que quer, a gente acha que não.

A gente sabe o que quer. A gente, afinal, não quer…

You Might Also Like

  • bonifaceo 01/07/2009 at 03:03

    Estou com um problema do género. Isso às vezes é uma dor de cabeça…
    Beijo.

  • Anonymous 01/07/2009 at 10:03

    :-)

    CA

  • Isa 01/07/2009 at 19:26

    mas passa Boni, tudo passa…
    oooooooooooooiiiiiiiii CA :-)))))
    Bjs

  • bonifaceo 01/07/2009 at 21:42

    Pois há-de passar. O problema é mesmo lidar com as dúvidas. O que achamos ou deixamos de achar…
    Beijo.

  • Cícero 02/07/2009 at 00:01

    Putz, gostei disso, assim, da forma como foi, hum, colocada.

    Bem, contra isso vez ou outra recorro a "You can't always get what you want", dos Stones. Mas quando, no refrão, chega em "sometimes… you just might find… what you need", aperto os olhinhos e me pergunto por dentro: "Mas se nem sei o que quero, quanto mais do que preciso? Inda mais, o que

  • Isa 02/07/2009 at 23:11

    U definitely get what u need :-))))
    essa é a minha música preferida de todo o sempre dos Stones. Gosto deles desde os meus longínquos 12 aninhos :-)
    Bjs

  • Cícero 02/07/2009 at 23:37

    12 aninhos, Isa? Putz, nos meus longínquos 12 aninhos nem sabia que rock'n roll existia (quanto mais que os Stones iam me atravessar nalgum ponto dessa minha existência.)

    Ah, e me esqueci de arrematar: e aí, já que esse timing é algo como algo insondável, volto pra me consolar na primeira faixa, "Gimme Shelter", mas já que consolo nenhum nunca é o bastante, avanço pra &

  • Isa 02/07/2009 at 23:39

    irmão mais velho com bom gosto, Cícero.

    (Tb gostava dos Wham :-D)

  • error: Content is protected !!