Uncategorized

Todos diferentes

30/08/2011

A diferenciação é algo natural em todos nós, apregoemos o que quisermos. Se, na vida privada, distinguimos claramente umas pessoas de outras, dando mais prioridade a uns e menos a outros, demarcando territórios, se estabelecemos diferenças entre relações familiares, de conhecidas, de trabalho, de amizade, tratando-as de forma diferente, dando-lhes mais ou menos tempo de antena na nossa vida, sem recebermos necessariamente nada em troca, porque não distinguir, e tratar de forma priviligiada, pessoas que ocupam cargos de relevância, de importância, de responsabilidade? No caso concreto, o tratamento não é dado à pessoa, mas sim ao cargo, à posição que ocupa. O que, bem vistas as coisas, não diverge muito do que fazemos na vida privada…

You Might Also Like

error: Content is protected !!