WIP

Vou contar-te outro segredo…

15/04/2015

Lembras-te do segredo que te contei? Aquele em que te falava de uma voz que te desvia do que queres fazer, que te critica, que te diminui? Daquela voz que é tua, mas que te digo agora que às vezes vem disfarçada? E não ressoa só nos maus momentos, ao ponto de se tornar na única voz que ouves quando estás mais fragilizado. Essa voz tem outros poderes, outros fins, outros meios. Também é a voz que ouves no momento em que pensas fazer uma mudança que vai tornar a tua vida melhor, sempre que estás num movimento para te tornares mais independente, mais livre, mais consciente, mais aliviado, mais autêntico, mais de acordo com o teu eu verdadeiro, divino, a tua alma, as tuas vontades reais, individuais, as que são mesmo tuas, não do coletivo, da tua mãe, do teu marido, dos teus filhos, da tua família, são tuas, só tuas, e que te conduzem à realização pessoal, ao único caminho que vale a pena, aquele que te leva para a individuação, para o mais próximo que já estiveste de ti mesmo, inteiro, na vida. É uma voz que, assim que tens uma ideia que te vá livrar da situação frustrante em que te encontras, entra pelo teu cérebro adentro sem pedir licença e se instala lá, deixando-te inibido, inseguro, a achar tudo ridículo, que não vale a pena, que não vai resultar. Essa voz é sempre a mesma e agora posso contar-te outro segredo e dizer-te como a calar.

You need to be logged in to view the rest of the content. Por favor . Ainda não está registado? Associe-se!

You Might Also Like

error: Content is protected !!